terça-feira, 3 de dezembro de 2013

[RESENHA] Como Salvar Um Vampiro Apaixonado - Beth Fantaskey

FINALMENTE! Sim, finalmente pude ler a continuação de "Como se Livrar de um Vampiro Apaixonado". Confesso que as expectativas eram altíssimas. Isso é um problema, até porque quando isso acontece, sempre decepciono-me. Porém, mesmo não suprindo todas as minhas expectativas, foi uma boa leitura. 

Editora: Arqueiro
ISBN: 9788580411935
Ano: 2013
Páginas: 272

Nota: (3,5/5)
Quando Jessica Packwood descobriu que era uma princesa vampira romena, sua pacata vida adolescente virou de pernas para o ar. Ela precisou fazer as pazes com seu passado e vencer muitos obstáculos para ficar com seu belo príncipe, Lucius Vladescu. Depois de se casarem na Romênia, agora Jessica e Lucius devem unir os clãs mais poderosos dos vampiros e estabelecer a paz de uma vez por todas.Mas primeiro ela vai ter que convencer uma nação inteira de vampiros ardilosos de que tem plenas condições de se tornar rainha. O problema é que Jessica nem mesmo consegue pedir uma refeição decente aos empregados de seu castelo, quanto mais lidar com súditos mortos-vivos malignos que adorariam vê-la fracassar.Tudo se complica ainda mais quando Lucius é acusado de assassinar um vampiro Ancião e é condenado à masmorra, onde espera pelo julgamento que pode levá-lo à morte. Jessica então se vê em apuros, lutando não só pela vida de seu amado, mas também pela própria sobrevivência em um mundo repleto de intrigas.Desesperada para provar a inocência do marido, ela conta com a ajuda de sua melhor amiga, Mindy Stankowicz, e do misterioso primo italiano de Lucius, Raniero Lovatu. Mas será que a princesa pode mesmo confiar neles?

Lucius e Jessica (ou Antanasia) finalmente estão casados, vivem no castelo Vladescu e pretendem implantar uma nova ordem entre os clãs vampiros. Uma atitude arriscada e muito corajosa, devido às circunstâncias. Os Anciões relutam em aceitar Jessica como a princesa deles. Infelizmente, ela terá que enfrentar muitos problemas.

Jessica não é mais aquela garota esperta como antes. Ela está assustada, sem saber como reagir ao certo diante de alguns acontecimentos preocupantes. Principalmente pelo fato de não saber falar o idioma local e ser um alvo fácil para possíveis emboscadas.

Em um ambiente onde as pessoas lutam pelo poder maior, com possibilidades de ascensão ao trono, sempre há mortes, traições, mentiras, sangues etc. E consequentemente, na nova vida de Jessica, isso não será diferente. 


"Suportar a dor é igual a causar dor. Também fica mais fácil com a prática."
Pág.: 212  

Se você espera muitos momentos fofos entre Lucius e Jessica neste sucessor de "Como Livrar um Vampiro Apaixonado", provavelmente poderá se decepcionar. Não que "Como Salvar Um Vampiro Apaixonado" seja ruim. Não é isso. Na realidade, é um bom livro. Conseguiu me agradar, acima de tudo. Porém, o suspense está presente durante quase todo o livro e o romance que eu ansiava, ficou como segundo plano.

Observar a protagonista neste livro é como observá-la sob um novo aspecto. Ela não parece a mesma Jessica que eu conheci no livro anterior. Obviamente ela sofreu algumas mudanças em sua personalidade devido a vários acontecimentos, mas eu apenas encontrei uma garota mais frágil, como se não conseguisse suportar as tribulações que estavam por vir. Não era exatamente o que eu achava que encontraria. 

Lucius não aparece com frequência para o desânimo de muitas leitoras. Até mesmo ele me pareceu diferente, em alguns momentos. Mas sua essência ainda permanece para o alívio de todos. Detesto quando os autores distorcem a essência de alguma personagem interessante; é como se "distorcesse" a história de algum jeito... Enfim, isso não aconteceu e eu fiquei feliz. (risos)

Inicialmente, não me envolvi de imediato com a história. Em parte, foi culpa da narrativa. A leitura demorou um pouco para desenvolver-se. Porém, ao avançar as páginas, pude me envolver bem mais e a leitura se fluiu naturalmente. 

Concluindo, o desfecho foi satisfatório, apesar que deixou espaço para um terceiro livro. Se isto acontecer, ficarei felicíssimo! Adoro o romance entre a Jessica e o Lucius, e mais momentos entre ambos nunca é demais. Portanto, caso queira ler a continuação de "Como Se Livrar de um Vampiro Apaixonado", vale a pena. No entanto, não crie grandes expectativas. Apenas leia de forma despreocupada. A leitura fluirá agradavelmente. 


RECOMENDO!


11 comentários:

  1. Aaah, eu morro de vontade de ler esses livros! Não li sua resenha porque morro de medo de spoiler (hahaha), só vi que não tem muitos momentos fofos ('-') kkkk Vou tentar ler Como se livrar de um vampiro apaixonado o mais rápido possível =D

    Beijo :*
    fantasiandocomoslivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Lê! Que bom que o livro agradou, sempre que pego séries fico com medo das sequencias não agradarem. Todo mundo fala muito bem deste casal, acho que formam um par bem doce dentro do mundo de vampiros. Ótima resenha.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  3. Olá Leandro,

    Gostei muito da sua resenha e vi que gostou do livro, mas ele não me despertou interesse...abraços.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Não li muitos resenhas positivas sobre esse livro, mas como li “Como se livrar de um Vampiro Apaixonado” e gostei bastante, darei uma chance a sua seqüência e espero não me decepcionar.

    *bye*

    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oie Lê =)

    Eu ainda não li o primeiro livro (shame), mas tenho muita curiosidade de conhecer a história, já que até hoje só li resenhas positivas.

    Pelo que percebi lendo sua resenha esse livro se salvou por pouco da terrível "maldição do segundo livro", mas fico feliz que saber que ao mesmo ele é uma leitura agradável.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  6. Oi Leandro ;)
    Faz séculos que eu li o primeiro e estou muito feliz que a editora Arqueiro finalmente está lançando o segundo! Confesso que minha memória do primeiro livro não está inteiramente clara, mas lembro de não gostar da Jessica e de amar o Lucius! (eu sei, sou ciumenta! rsrs) Estou curiosa com a continuação, mas desanimei agora que você falou que o meu amado não está tão presente assim ;(
    Estou de acordo quando você fala sobre alguns autores distorcerem alguns personagens ao ponto de tirar sua essência (nunca vou superar o caso do meu Kishan rsrs)

    Eu vejo animes online nesse site: http://www.anitube.se/ é o melhor!
    A Mica pediu pra deixar o link do anime que ela fez o post pra você, então tá aqui : http://www.anitube.se/categories/1390/Chuunibyou-Demo-Koi-ga-Shitai
    Você vai adorar!

    Tem resenha nova lá no blog, quer ler?
    Desde já obrigada!

    Fallen In Me
    - PatyScarcella

    ResponderExcluir
  7. Oi Leandro!
    Ainda não li nenhum livro da série, mas quero ler. O problema de criar expectativas é que a gente acaba se decepcionando fácil... Isso acontece bastante comigo, principalmente com esses livros que são super divulgados. O negócio é ler sem esperar nada ^^

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  8. Ganhei o primeiro livro dessa série, porém ainda não li. Tenho muita curiosidade porque recomendam e falam muito bem da história. Este segundo foi muito aguardado, é ruim quando os livros demoram a serem publicados que a gente só vai pensando no que pode vir e quando lê não é exatamente o que pensamos, mas espero gostar quando eu ler.
    Abraços, Raquel.
    viajandoclivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Leandro fico feliz que vc tenha gostado da leitura, mesmo que ela não tenha sido o que vc esperava. Mas o romance que vc sentiu falta esta presente no conto intermediário O Casamento =) eu também iria adorar se tivesse um terceiro livro, mas acho que não tem.
    Beijos

    Leituras, vida e paixões!!!!

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Oiii Leo!! Saudades... Doida para ler esse livro.

    ResponderExcluir

Comente com moderação!