terça-feira, 25 de novembro de 2014

[RESENHA] Onde Deixarei Meu Coração - Sarra Manning

É perigoso criar expectativas demais? Sim, no meu caso é. Eu já havia lido ano passado “Os Adoráveis” da mesma autora deste livro e me apaixonado completamente pela escrita da mesma.  Quando soube do lançamento de “Onde Deixarei meu Coração”, fiquei curiosíssimo. Mas nem sempre as coisas acontecem como espero. É uma boa leitura sem dúvidas, mas eu esperava mais.

Editora: Galera Record
ISBN: 9788501095169
Ano: 2014
Páginas: 336
Nota: (3,5/5)
Simples, careta e sem graça. É assim que Bea se vê. Então quando a super descolada Ruby e seu bando de populares passam a se interessar por sua opinião, isso só pode ser uma pegadinha. Certo? Pelo menos é assim que sempre acontece nos filmes... Mas o convite para passarem as férias em Málaga parece pra valer. E com um bônus: Bea pode se afastar da mãe irritante e controladora. No entanto, depois de apenas 48 horas na Espanha, Bea se flagra mudando o itinerário. A menina decide visitar Paris para encontrar o pai que nunca conheceu. Afinal, a cidade luz pode emprestar um pouco de clareza a um período nebuloso de sua vida familiar. No caminho, ela conhece Toph, um estudante americano mochilando pela Europa. Enquanto procuram pelo pai dela nos cafés e boulevards de Paris, ela perde a cabeça em vez disso. Será que Bea é a garota de Toph ou a boa menina que sua mãe espera que ela seja? Ou será esse o verão mágico em que Bea finalmente torna-se dona do próprio nariz?
Bea leva uma vida tediosamente comum. Tipo, muito comum mesmo. Nunca sai da linha. O pior é que ela não é satisfeita com essa vida. Na verdade, quem seria? Inexplicavelmente, a garota mais popular da escola, conhecida como Ruby, convida-a para fazer parte do seu grupinho. Ela aceita. No entanto, as meninas não a aceitam como ela realmente é. Querem transformá-la em outra pessoa, em uma garota mais descolada, que bebe, fica com vários garotos etc.

Bea decide viajar com as garotas do grupo. Infelizmente, e até de forma esperada, a viagem torna-se horrível, pois Ruby e companhia são pessoas más mesmo. Bea nunca conheceu seu pai, mas sabe que o mesmo vive em Paris. O mais sensato, no seu lugar, caso quisesse voltar para casa, seria ligar para sua mãe, notificar sobre o que estava acontecendo, entre outras atitudes certinhas e responsáveis. Mas ela, cansada de ser aquela garota que sempre foi, decide ir a Paris (local que sempre sonhou conhecer).

Ao chegar ao local que sempre sonhou, sua vida toma um rumo inesperado. Ela conhece um grupo de jovens que estão fazendo um tour pela Europa. Sem hesitar, passa a segui-los e torna-se companheira deles. Dentre todos no grupo, há um rapaz que se sobressai: Toph.

Sarra Manning apresenta uma história sobre amor, amadurecimento, mudanças e acima de tudo, sobre recomeços.

"Não quero beijar garotos estranhos em quartos estranhos  discursei.  Eu quero romance. Quero ser louca por um garoto e que ele seja louco por mim também, assim, mesmo que a gente acabe cometendo um erro, ele não me abandone num piscar de olhos. Mas romance parece estar tão fora de moda quanto usar vestidos da Primark."
Pág.: 48

De início, este livro não conseguia me cativar de forma alguma. Parecia ser mais uma história teen qualquer, sem acontecimentos interessantes, o que contradizia todas as opiniões positivas que havia lido sobre o mesmo anteriormente. Na verdade, a história torna-se completamente satisfatória e agradável quando a protagonista chega a Paris. Novas personagens surgem — bem interessantes, por sinal — e romance, aos poucos, vai sendo desenvolvido.

Por falar em romance, eu senti uma ansiedade inexplicável durante a leitura para que logo acontecesse, ao menos, o primeiro beijo entre Bea e Toph. A autora desenvolve a interação entre eles de maneira bem cautelosa, gradual, sem pressa alguma. Isso, em determinados momentos, deixou-me aflito à espera de momentos mais íntimos entre o casal. Porém, foi algo bem pessoal. Possivelmente não será prejudicial à leitura de outrem.

Com passagens bem humoradas e com sua narrativa descritiva e suave, a autora conseguiu construir uma história caricata, fofa e adorável. É impossível não compreender a protagonista e não querer confortá-la em muitos momentos. Ela pode parecer bem comum de início, mas aos poucos, vai mostrando que possui uma personalidade especial.

Em suma, “Onde Deixarei meu Coração” é um romance satisfatório e por vezes apaixonante. Não conseguiu superar o outro livro da autora — que ainda é meu queridinho —, mas mostrou-se uma leitura agradável e fofa. Se você, assim como eu, curte Paris, uma boa história e um casal adorável, corra, adquira o livro e leia-o sem medo. Com toda certeza não se decepcionará.

RECOMENDO!


20 comentários:

  1. Ahh eu terminei esse livro ontem, e no início realmente é meio morgado, porém eu gostei de como a história se desenrolou, acho que tbm gostei porque em vários momentos me identifiquei com a Bea.
    Parabéns pela resenha.
    leituraentreamigas.com.br

    ResponderExcluir
  2. OOooi,

    Eu não li ainda, mas eu fiquei apaixonada pela capa dele! Já conhecia ele mas não li. Mesmo ele não sendo melhor que o outro livro da autora, acho que ele me agradaria Gosto bastante de livros assim, vou deixar anotadinho aqui *O*


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  3. Olá
    Que lindo o livro, espero ler em breve e gostar bastante, a capa está linda linda e espero que a história seja tão linda assim e que eu goste tanto quanto você, tenho grandes expectativas.
    Parabéns pela resenha.

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/2014/11/top-5-livros-que-se-passam-em-uma-escola.html

    ResponderExcluir
  4. Oi, Leandro! Tudo bem?
    Super entendo o lance da expectativa, mas como não li nada da autora ainda, a única expectativa que eu nutria era oriunda dessa capa maravilhosa!!! Mas aí as resenhas foram saindo e elas acabaram dizendo o mesmo que você, confesso que fiquei um pouquinho decepcionada e pedi o ânimo para conferir o livro... Ultimamente não estou na vibe de ler histórias teens, mas talvez "Onde deixarei meu coração" pode ser uma boa pedida depois de ler algo mais denso.
    Mesmo que o livro não tenha sido tudo aquilo que você tinha esperado, pretendo conferi-lo em algum momento. E eu adorei a resenha!! Bjs
    Jéssica - http://lereincrivel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Leandro

    Diferente de você Os Adoráveis para mim foi uma leitura maçante e eu passei cada minuto de leitura pensando em largar o livro. Quando vi Onde deixarei meu coração fiquei super interessada por causa da capa, até que vi quem era a autora.
    Eu realmente estou disposta a dar uma nova chance a ela. Você não gostou e eu vi algumas outras resenhas não tão positivas, mas também vi algumas bastante elogiosas.
    Sei bem o que é a expectativa de querer que um casa fique junto logo e acho que caso venha a ler, terei o mesmo sentimento que você.
    Não é prioridade mas espero ler em breve e gostar.

    Mundo de Papel

    ResponderExcluir
  6. Oi, Leandro!
    Estou bem curiosa para ler esse livro.
    Parece ser muito fofo. Fiquei mais interessada ainda, ao saber que se passa em Paris.
    Uma pena você ter colocado tanta expectativa e ter acabado se decepcionando.
    Beijos
    Construindo Estante || Facebook

    ResponderExcluir
  7. Essas benditas expectativas. Como não li nada da autora ainda e não espero nada creio que irei gostar. E essa capa está linda demais. Ah, agora fiquei querendo ler o outro livro dela que você citou hehehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  8. Olá Leandro,

    Esse é mais um livro que fico conhecendo aqui no seu blog, realmente é ruim criar grandes expectativas, mas não é por isso que o livro não seja bom, gostei da sua resenha e opinião...abraço.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi, Lê!
    Não sabia que era uma história teen. E como a maioria dos livros do gênero, me parece ter um enredo até comum. Não foi um livro que me interessou muito, mas acredito que o leria. Sou apaixonada por essa capa <3

    Beijo

    ResponderExcluir
  10. Oi Leandro.
    O grande vilão e estraga prazer da nossa leitura é a expectativa, sem dúvida.
    Ainda essa semana eu li outra resenha sobre esse livro que fez com que ele entrasse para a lista de desejados.
    Li o primeiro capítulo que a editora disponibilizou e achei a narrativa bem divertida, espero que a autora mantenha o ritmo.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  11. Oii. Não conhecia a autora, nem a obra, mas gostei muito da capa do livro. A história não me chamou muito a atenção, mas acontece. Mas só de olhar e ler a sinopse já deu pra perceber que é puro romance.

    beijos
    http://mundo-restrito.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  13. Oie Le =)

    Estou bem curiosa para ler esse livro, pois ele parece possuir o tipo de história que me agrada.
    Gostei da ressalvas que você fez, pois me ajudou a diminuir a ansiedade e claro evitar uma possível decepção.
    Ótima resenha!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary



    ResponderExcluir
  14. Esse foi um dos lançamentos da Galera que eu amei a capa, Sério... Tô louco pra conferir a premissa do mesmo, que acho, incrivelmente, interessante. Ah, Paris.

    Beijos
    http://garotodelinhas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Oie Le
    eu senti o mesmo. Achei que demorou muito a engrenar, e também fiquei ansiosa pelo primeiro beijo deles. Apesar de ter amado a história, a protagonista, e o romance, não foi tão bom a ponto de entrar para os favoritos.
    QUero ler Os adoráveis agora.
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  16. Envolvendo Paris sempre me interessa, ainda mais de uma autora que já li e gostei muito assim como você, em Os Adoráveis <3 Esse me parece também ser uma boa leitura, espero ler e não me decepcionar ><

    Beijos
    http://mon-autre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi Leandro, tudo bem?

    Poxa, me surpreendi com a sua nota para o liro Eu confesso que estou com expectativas quanto a leitura. Espero ter mais sorte =P Eu adoro Paris e um romance fofo. Vamos ver... depois te conto o que achei

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  18. Oi Leandro, sabe que eu não li Os Adoráveis porque acreditei que não iria gostar? Acabei passando adiante e este estou lendo resenhas positivas e negativas. Acho que ela escreve livros juvenis e é mais ou menos o que você descreveu. Não tem muito com o que fugir mas acredito que iria gostar deste livro.

    Greice

    Blogando Livros

    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  19. Oi Leandro, tudo bem?
    Gostei bastante da resenha!
    Parece ser um livro singelo, bom pra passar o tempo. Como minha fila de leitura está gigante, não leria no momento, mas também não o descarto.
    Ah, e a capa é muito bonita!
    Beijos,

    Priscilla
    http://infinitasvidas.wordpress.com

    ResponderExcluir
  20. Amigo adorei saber sua opinião sobre esse livro. Ele já esta na minha lista de desejos. Adoro essa capa e pelo cenário da história se Paris já encaro. Beijos e obrigada pela dica!!!


    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir

Comente com moderação!